A New Home

Imigração
Americana

A Busca por um recomeço

Os imigrantes encontraram no Brasil um novo lar

A Guerra de Secessão foi devastadora para os estados do Sul. Aproximadamente 30% dos homens em idade economicamente ativa estava morta, doente ou desabilitada pelos ferimentos de batalha.

O governo brasileiro inaugurou em Nova York, o escritório de imigração para norte americanos que desejassem emigrar para o Brasil, tendo Quintino Bocaiuva como seu representante. Muitas vantagens foram oferecidas pelo Ministério da Agricultura aos interessados como título provisório das terras, prazo para pagamento a preços acessíveis, isenção de tributos para máquinas ou implementos agrícolas, hospedagem e, em alguns caso, pagamento ou adiantamento de suas passagens.

Os norte-americanos que decidiram emigrar foram para a Europa e países como México, Honduras, Venezuela e Brasil. Entre 1864 e 1874, aproximadamente 3.600 norte-americanos entraram no porto do Rio de Janeiro. Ao todo, foram formadas 11 colônias distribuídas nos Estados do Bahia, Espírito Santo, Pará, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo.

Os milhares de imigrantes escolheram o Brasil (entre 1865-1890) por diversos motivos, tais como:

    1. Propaganda e garantias do governo brasileiro para os imigrantes (1863-1870)
    2. Destruições causadas pela passagem das tropas federais nos estados sulistas (1861-1865)
    3. Opressão, recessão, fome, violência, caos social e perdas de diretos ocorridos durante o reconstruction (1865-1875)
    4. Cultura migratória de colonização do western (1800-1900)
    5. Livrar-se do governo “ditatorial” nortista (1865 )
    6. Aventura (a preferida entre os solteiros)
    7. Oportunidades econômicas esperadas no Brasil
    8. Praticar agricultura usando mão de obra escrava (10 % dos agricultores)

A Colônia de Santa Bárbara

Norris encontrou na Villa de Santa Bárbara o mesmo clima e o mesmo solo que em suas terras no Alabama

O Coronel William Hutchinson Norris, Senador e advogado no estado do Alabama, e seu filho Dr. Robert Cícero Norris, chegaram no Brasil em 27 de dezembro de 1865.

 Em 16 fevereiro de 1866 chegam na Villa de Santa Bárbara, na Província de São Paulo, onde compram uma parte da Fazenda Machadinho e, com a ajuda de três escravos, começaram o cultivo da lavoura.

A Villa de Santa Bárbara se localizava entre a Villa Nova da Constituição (hoje Piracicaba) e a Villa de São Carlos (hoje Campinas). A separação entre Santa Bárbara e Campinas era marcada pelo Ribeirão Quilombo. Cel. Norris então compra as terras do lado da Villa de Santa Bárbara.

Os Norris trouxeram consigo alguns implementos agrícolas puxados por cavalos ou mulas. Em pouco tempo o Cel. Norris começou a ensinar novas técnicas de preparo e cultivo do solo para seus vizinhos brasileiros.

Após o sucesso da primeira lavoura, o Cel. Norris enviou uma carta para sua família, que ainda moravam em Selma, Estado do Alabama, para que viessem para o Brasil, pedindo para convidarem os amigos, vizinhos e outros familiares para emigrarem também. Assim, em 23 de maio de 1867, chegaram dos EUA, pelo navio Talisman, 26 famílias oriundas do Estado do Alabama.

Casa de Willian Norris
Casa de Willian Norris

A Villa Americana

O bairro de Santa Bárbara ficou conhecido como Villa dos Americanos, posteriormente como Villa Americana.

Estação Ferroviária de Villa Americana

Entre 1866 e 1890, o número de famílias da colônia de Santa Bárbara aumentou significativamente, ficando a região conhecida como Villa dos Americanos, posteriormente como Villa Americana e, na sua emancipação como Americana.

Seu progresso foi tão expressivo que, em 27 de agosto de 1875, foi inaugurada a Estação Ferroviária de Villa Americana, com a presença do Imperador Dom Pedro II. A Estação foi construída para atender as demandas dos americanos para escoar sua produção agrícola.

A colônia foi constituída por imigrantes americanos de quase todos os estados sulistas, tendo a maior concentração vinda dos estados do Texas, Alabama, Carolina do Sul, Louisiana e Georgia.

Carregamento de melancias na Villa Americana
Carregamento de melancias na Villa Americana
Mapa de Santa Bárbara em 1903

Contribuições

Apesar da imigração norte americana para o Brasil ter um dos menores contingentes humanos dentre as outras correntes migratórias, suas contribuições modificaram profundamente a sociedade brasileira e elas podem ser sentidas até os dias atuais.